Técnicas vocais de rádio – parte 2

Na segunda parte do nosso post, apresentamos alguns ótimos exercícios que podem ser usados em sala de aula. Eles foram retirados da apostila “Dicas para Comunicadores Populares”, da Recomsol/UCBC (Rede de Comunicadores Solidários da UCBC).

3 – Exercícios de dicção, articulação e respiração

Além de cuidar da voz, quem vai falar no rádio deve se preocupar também com a dicção, para que todos entendam o que está dizendo e se sintam estimulados a continuar ouvindo.

Há alguns exercícios que ajudam a melhorar a dicção como, por exemplo, colocar um lápis ou uma rolha na boca, no sentido horizontal, pressionar os dentes, e falar algumas frases e emitir sons. Depois, fazer massagens nas cordas vocais e no rosto.

Mas, o relaxamento de todo o corpo é fundamental antes de começar qualquer trabalho com a voz. Todos os dias faça os seguintes exercícios:

1. Alongue o tronco, elevando os braços bem para o alto e solte-os devagar;

2. Gire lentamente a cabeça para um lado e para o outro;

3. Gire os ombros: 3 vezes para a frente e 3 vezes para trás;

4. Solte, com suavidade, os braços e depois as pernas, relaxando-os;

5. Gire o quadril várias vezes para um lado e depois para o outro;

6. Gire a língua passando-a sobre os dentes e a gengiva;

7. Relaxe a laringe, emitindo o som de “Hummm” e realizando um movimento de mastigação, suavemente.

Todos esses movimentos devem ser lentos e suaves. O ideal é que cada passo seja feito 3 vezes. A postura do corpo também é muito importante. Procure manter os ombros, pescoço e coluna vertebral na posição correta, alongados, mas sem rigidez. Ao falar de pé, mantenha os joelhos relaxados e o tronco centrado, como se o centro do topo da cabeça estivesse sendo mantido elevado por um fio imaginário.

a) Exercícios de dicção

- Inspire pelo nariz – pausa – expire lentamente pela boca (repetir 5 vezes);

- Encha a boca de ar e exploda com o som de P;

- Assobie;

- Faça caretas colocando a língua fora da boca;

- Vibre a ponta da língua – trim, trim, trim;

- Pronuncie forçando a musculatura facial – a, i, u – a, i, u – a, i, u;

- Repita em voz alta os fonemas, forçando a consoante final:

AL EL IL OL UL – BAL BEL BIL BOL BUL – CAL KEL KIL KOL KUL – DAL DEL DIL DOL DUL.

Repita várias vezes o trava-língua a seguir:

Um prato de trigo para um tigre, dois pratos de trigo para dois tigres, três pratos de trigo para três tigres, quatro pratos de trigo para quatro tigres, cinco pratos de trigo para cinco tigres, seis pratos de trigo para seis tigres, sete pratos de trigo para sete tigres, oito pratos de trigo para oito tigres, nove pratos de trigo para nove tigres, dez pratos de trigo para dez tigres.

Pronuncie rapidamente evitando atropelar as sílabas:

- Novelas e novelos são as duas moedas correntes desta terra. Mas tem uma diferença: que as novelas armam-se sobre o nada e os novelos sobre muito, para tudo ser moeda falsa.

- Pedro Paulo Pereira Pinto Peixoto, pobre pintor português, pinta perfeitamente portas, portais, paisagens, prometendo prontidão por pouco.

b) Exercício para sibilação

- Na sibilação normal a língua não é colocada por trás dos dentes. Mas, com esses exercícios, você deverá forçar ao máximo a colocação da língua por trás dos dentes.

Zi… Si Vi… Fi Ji… Chi

Bi… Pi Di… Ti Gui… Qui

F… V, F… V, F… V S… Z, S…Z, S…Z X…G, X…G, X…G

c) Exercício para problemas de articulação do R

baR – baR – baR deR- deR – deR muR – muR – muR

feR – feR – feR joR – joR – joR quiR- quiR – quiR

Terê.. Terê.. Terê… Trê….Trê.. Trê

Fara… Fara… Fara… Fra….Fra…Fra

Coró.. Coró.. Coró.. Cró… Cró…

d) Exercício para o desenvolvimento das reservas de ar. Deve-se falar o máximo de palavras sem tomadas de ar

Gualhudos-gaiolos-estrelos-espácios-combucos-cubentos-lubunos-lompados-caldeiros-cambraias-chamurros-churriados-corimbos-cornetos-boicalvos-borralhos-chumbados-chitados.

  1. Nenhum comentário ainda

  1. Nenhum trackback ainda.