Visita, mais que especial, da Ednubia Ghsi em reunião do NCEP

Jean Carlos Gemeli

Na última quinta-feira (8), a reunião do NCEP contou com a participação especial da Ednubia Ghisi, comunicadora popular que trabalha no Cefuria e na Terra de Direitos, além de militar junto ao Levante Popular da Juventude e à Frentex. A partir do texto “Jornalismo nas margens” de Elaine Tavares, ela conversou com o grupo a respeito de experiências práticas com comunicação popular.

O papel do jornalista com formação acadêmica em comunidades foi discutido, e ressaltou-se a importância da humildade do jornalista frente ao universo com o qual trabalha. Precisamos entender que não somos os heróis de uma mudança social, mas somos apenas mais uma força que contribua para que ela aconteça.

Outro tema de debate foi a importância de fazer com que o jornalismo seja mais sensível e pessoal, tanto em mídias alternativas quanto na grande mídia. Chegamos à conclusão que esse tipo de fazer jornalístico, infelizmente, raramente é posto em prática, acontecendo apenas em casos muito pontuais.

Ednubia reforçou junto ao grupo que, muitas vezes, o processo de produção da mídia é mais importante para a comunidade do que o produto final em si. Os membros comunidade devem ter participação ativa na produção, cabendo ao jornalista apenas o papel de facilitador.

Ednubia mostrou também a importância das outras linguagens (grafite, charge, fotografia, poesia, música, etc.). Além do produto final para o processo de aproximação, compreensão de conteúdos. Pois muitas vezes a metodologia é um fator chave para destravar o processo de comunicação entre os estudantes/jornalistas e o grupo com o qual trabalha. Neste caso, nos aproximar de comunicação popular é o caminho.

Toda a conversa foi permeada por troca de histórias e experiências dos participantes. Métodos, sucessos e fracassos nos projetos do NCEP e da Folha do Sabará serviram como exemplo prático dos pontos discutidos. Por fim, conversamos a respeito da importância da extensão dentro da universidade e da necessidade de democratização das mídias no Brasil.

Os NCEPPERS agradecem muito a presença da Ednubia, que é sempre bem-vinda em nossas reuniões. Outros estudos, debates e discussões estão programados para acontecer periodicamente, com eventuais gravações de podcasts.

Os comentários estão fechados